Vereadores de Ipu emitem nota de pesar ao candidato Eduardo Campos

Bancada de oposição-1Os vereadores que compõem a bancada de oposição da cidade de Ipu, Efigênia Mororó, Hilton Belém (ambos do PROS) e Adriano Melo (PV) publicaram na Câmara Municipal de Ipu na sessão de ontem, quinta-feira (14/08) Nota de Pesar pelo falecimento trágico do candidato a presidência da república pelo PSB Eduardo Campos.
Eduardo Campos, quatro assessores e os dois pilotos morreram em um acidente de avião ocorrido na última quarta-feira (13/08) na baixada Santista no estado de São Paulo. A aeronave onde o candidato a presidência da republica estava caiu em um bairro de Santos, após remeter uma aterrissagem no Aeroporto do Guarujá.

Nota de Pesar

A Política Brasileira perdeu nesta quarta-feira, um grande estadista. O candidato à presidência da república Eduardo Campos, foi um exemplo de gestor, quando esteve à frente da Secretaria Nacional de Ciências e Tecnologia, e depois governador do estado de Pernambuco. Neto: de uma das grande lideranças políticas do Brasil “Miguel Arrais”, coincidentemente os dois faleceram no dia 13 de agosto. Fica aqui o nosso pesar, a Família e ao Povo Brasileiro.

Assinam a nota

Maria Efigênia Mesquita Mororó Muniz
José Hilton Camelo Mourão
Antônio Adriano Martins Melo
FONTE: Ipunotícias

 

Será que o vereador Ivo Sousa vai pegar corda?

forca
A política ainda está só esquentando, mas os blogueiros a serviço do grupo de oposição de Ipu já estão entrando no desespero. Considero um bom sinal. Acho é bom quando eles estão desesperados!

Tem blogueiro postando matérias do ano de 2005 para tentar denegrir a imagem dos vereadores do grupo de situação e outro afirmando que o vereador Ivo Sousa já decidiu retornar para oposição. E já bateu o desespero tão cedo?

O pior disso tudo são os dois blogueiros da oposição fazendo falsas afirmações e contando a história pela metade. Será que essa mentira vai colar?
Resta saber se um dos vereadores mais experientes do legislativo ipuense e que sabe encontrar seu espaço dentro de qualquer grupo político é do tipo de pessoa que pega corda.